fbpx

Resumo da semana no mercado financeiro – 08 a 12/junho/2020

B3: A bolsa brasileira teve uma semana de baixa, com a volta da apreensão em relação aos riscos da pandemia na área econômica e uma realização de lucros obtidos com a expressiva alta da semana passada. O índice Ibovespa fechou a sexta-feira aos 92.795,27 pontos, registrando uma queda de 1,95% na semana. No mês de junho, o índice acumula alta de 6,17% e, no ano, a queda é de 19,76%. A maior empresa listada na bolsa, Petrobras (PETR4) registrou queda de 6,79% na semana, ajudando a puxar o índice para baixo. O feriado de Corpus Christi na quinta-feira ajudou a bolsa brasileira, pois nesse dia os mercados globais sofreram uma queda acentuada. Os índices norte-americanos S&P 500, Nasdaq e Dow Jones vinham experimentando altas expressivas, com o S&P 500 batendo recordes, mas o discurso do presidente do banco central estadunidense (FED) jogou um balde de água fria em todo o otimismo dominante, e procurou trazer o mercado à realidade, que é de queda da atividade econômica, enquanto muitos preferiam prever uma recuperação em V. Apesar dessa reviravolta observada na quinta-feira, até o dia 12 de junho os investidores estrangeiros tinham aportado R$3,39 bilhões na bolsa neste mês. A queda observada na B3 na sexta-feira não representou nem metade da baixa registrada nos EUA no dia anterior.
Dólar: A moeda norte-americana reverteu a queda frente ao real e voltou a subir. Na sexta-feira, o dólar fechou a R$5,0454 na venda, registrando alta de 1,16% na semana. Trata-se de um ajuste vinculado ao nervosismo global com os impactos da pandemia sobre a economia em geral e o receio de uma segunda onda aparecendo antes da disponibilização da vacina.
Cosan (CSAN3): A empresa foi alvo de investimento de seu principal controlador, o empresário Rubens Ometto, que segue sua estratégia de aproveitar a crise para aumentar sua participação na empresa. Ele já comprou cerca de R$786 milhões em ações da Cosan, elevando sua participação na empresa de 63,8% para 67%. Esse percentual pode aumentar ainda mais, na medida em que a empresa anunciou um programa de recompra de ações no valor de R$600 milhões.
Inflação: O INPC, calculado pelo IBGE, registrou deflação em maio de 0,25%, depois de ter registrado -0,23% em abril (veja gráfico). Esse índice mede a inflação para famílias com renda mensal de 1 a 5 salários mínimos e serve de referência para reajustes salariais. A inflação acumulada por esse índice no ano é de 0,06% e, nos últimos 12 meses, é de 2,05%
Apple e Tesla: Uma notícia muito comentada na semana foi a valorização das ações da Apple, que em 10 de junho atingiu sua máxima histórica (veja gráfico), fazendo com que o valor de mercado da empresa chegasse a USD1,49 trilhão. Com isso, a companhia passa a valer cerca de 1,8 vezes o valor de todas as 300 empresas brasileiras listadas na B3. Embora muitos não apreciem esse tipo de comparação, o valor de mercado da Apple equivale ao PIB brasileiro de 2019. As ações da Tesla, por sua vez, ultrapassaram o valor de USD1.000 na quinta-feira (veja gráfico). No acumulado do ano, as ações da empresa valorizaram-se quase 140%
Gráficos da semana: INPC (fonte: elaboração própria com dados de IBGE). Preço das ações da Apple (fonte: investing.com). Preço das ações da Tesla semanal e anual (fonte: investing.com.

decor

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.