O que é Branding?

O que é Branding?


Mais do que um termo técnico do Marketing ou uma palavra da moda, o Branding é um compromisso com seu público.

Entre tantos termos com os quais nos deparamos ao estudar Marketing, como inbound, lead, landing page, storytelling e etc, um dos mais falados é o branding. Ele é um dos pilares essenciais do Marketing, seja o digital ou o tradicional, e vale a pena tirar alguns minutos do seu dia para ler esse artigo e descobrir o que é o branding e como ele auxilia a sua empresa a crescer e se estabelecer no mercado.

O Branding, também conhecido como Brand Management, é uma estratégia de gestão, que visa tornar sua marca mais forte e consolidada na sua área de atuação. O Branding serve para que ao pensar no produto ou serviço que você oferece, o público lembre da sua marca como a opção mais confiável e valorosa.
Para termos uma ideia, dados de uma pesquisa da Reuters, a maior agência britânica de notícias, apontaram que mais de 80% dos investidores acreditam que a força de uma marca e o reconhecimento dela são aspectos importantes, que os ajudam a decidir se vale a pena ou não investir nela.

Contudo, para desenvolver um Branding eficaz, a empresa não deve apenas reforçar que é uma marca relevante, mas deixar claro quais os motivos que a tornaram tão respeitada no mercado. Assim, cria-se uma relação de confiança com o público muito mais forte, pois ele tem razão para confiar na marca.

Antes de definir quais são as estratégias de Branding mais efetivas para seu negócio, tenha em mente que a marca não é apenas o nome ou o logotipo da sua empresa. A marca é um conceito muito mais abrangente, pois engloba tudo aquilo que representa a imagem da empresa para o público de alguma forma, como por exemplo: identidade visual (logotipo, fontes, paleta de cores, etc), discurso, tom de voz, valores, visão, jingles, personalidades que fazem sua divulgação, entre outros aspectos.

Dessa forma, tenha consciência que o estabelecimento do branding de sua empresa deve ser tratado como um projeto em que todos devem contribuir, até mesmo o público interno, como colaboradores e parceiros, para assim, se estabelecer de forma duradoura no inconsciente do público. O branding é uma estratégia de gestão cujos efeitos surgem no médio e longo prazo, então seu trabalho deve ser constante e consistente para gerar frutos.

Neste momento, possivelmente você está pensando “ok, eu entendi o que é o Branding. Mas como o coloco em prática?” Pois bem, os pontos básicos para começar a pensar a gestão da sua marca são os seguintes:

1- Construção da marca: o primeiro e mais importante passo. Aqui a empresa deve definir qual é a imagem que quer construir frente ao público. Qual será a identidade visual? Quais são nossos valores? Por quais características queremos ser reconhecidos no mercado? Que tipo de influenciador gostaríamos que fosse o rosto da nossa marca? Isso tudo dará o tom de como sua empresa será vista e reconhecida.

2- Marketing de conteúdo: criar conteúdo de valor para seu público impulsiona a autoridade da sua marca, pois o público compreende que a empresa não oferece apenas produtos, mas se preocupa com o cliente e todo o processo de compra. Artigos para um blog corporativo, e-books, audiobooks, infográficos, webinários e workshops são alguns dos exemplos mais populares de conteúdos de valor que chamam a atenção de clientes em potencial e fidelizam os clientes que você já tem.

3- Marketing promocional: o Marketing promocional consiste em oferecer benefícios, os chamados ‘“mimos”, para conquistar o cliente, como por exemplo: cupons de desconto, cartão fidelidade, concursos culturais, brindes, amostras grátis. Esses agrados mostram que você realmente valoriza o bem estar e a experiência do cliente e quer conquistá-lo e fidelizá-lo, e não só fazer uma venda única.

4- Endomarketing: alguns parágrafos acima, afirmamos que o Branding deve se fazer presente até mesmo entre o público interno da empresa, como colaboradores e parceiros. Garanta que o posicionamento da sua marca seja adotado na cultura organizacional, para reforçar seu branding. Se o negócio usa certo discurso em sua comunicação, mas os funcionários não o corroboram, o público pode passar a ver a empresa como hipócrita.

5- Redes sociais: as redes sociais são ferramentas não só úteis, mas ESSENCIAIS para sua marca, pois são uma canal de comunicação direta com o público. Por meio delas, você pode receber feedbacks, fazer pesquisas de opinião, enquetes, responder dúvidas, críticas e sugestões. Essa interação reforça o discurso e a voz da sua empresa, além de intensificar o laço com o cliente, que se sente ouvido. As mídias sociais ainda são formas de fixar sua identidade na mente do público.

6- Experiência do cliente: essa é a cereja do bolo do Branding. Reflita: qual é a experiência que você quer dar ao seu cliente? Você quer que ele se lembre da sua empresa como aquela que apenas lhe vendeu um produto/serviço, ou aquela que se preocupou com todo o processo de compra, da pesquisa até o pós-venda? Negócios que investem em toda a experiência, para oferecer mais do que um produto, mas uma boa vivência, são os mais valorizados, lembrados, e consequentemente, divulgados pelo público.

Nós sabemos que o Branding é super importante para a sua marca, mas não é simples de ser criado e administrado. Por isso, a Akademy está sempre disposta a auxiliar empresas que querem desenvolver sua imagem e posicionamento.

Nosso blog contém dicas para te orientar, mas além disso, oferecemos ainda serviços que analisam seu negócio e criam um Branding exclusivo e personalizado para o produto e/ou serviço, seu público-alvo e o seu nicho. Entre em contato conosco e juntos podemos trilhar esse caminho!

Nenhum comentário

Publique um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.