fbpx

Algumas dicas – mais uma – para você conseguir o que deseja

Pare e observe. Quantas vezes por dia você vê algum texto, artigo ou livro com o título que lista um certo número de tópicos milagrosos para se obter algo?

São listas numeradas que vão de 5 passos para atingir um objetivo a até 35 hábitos para alcançar uma outra coisa. Emagrecer, prosperar, manter relacionamentos, ser agradável ou produtivo, ter uma vida mais saudável ou significativa, e por aí vai. Não importa qual o tema, sempre há um conjunto proposto de leis e regras, sucinta e eficientemente elaborado para atender os anseios daqueles que buscam realizar as mudanças que consideram necessárias em suas vidas.

Apesar de muito em moda hoje, basta uma corrida pelos feeds das redes sociais ou uma olhada rápida em um display de livros em uma loja de conveniência, a história mostra que essa prática é antiga, afinal os mandamentos, 10 aliás, foram apresentados dessa forma a Moisés.
O ponto não é se elas são boas ou não. Essas listas são na maioria das vezes úteis, verdadeiras e algumas cientificamente comprovadas. Não as questiono mesmo. Quero só ir um pouco além. Quero tocar no ponto de que elas por si só não bastam.

Conhecer, mesmo que de cor, o que deve ser feito não é o suficiente. Fosse assim, não haveria tanto pecado neste mundo (estou falando da lista do Moisés). Concorda? Ah! Então o próximo passo é praticar o que essas receitas sugerem. Neste momento lanço um desafio: Pare de ler agora este texto quem já não tentou seguir uma ou outra dessas listas e não teve sucesso, parando em algum momento que já nem lembra mais.

Bem, se você continua esta leitura, você não é diferente da maioria das pessoas e deve estar se perguntando; onde esse cara quer chegar? Ok. Eu lhe digo sem mais delongas. Quero falar dessa lacuna que há entre ler as listas e se transformar no que elas prometem, que não basta saber o que fazer para chegar onde se deseja, ainda mais quando o tema é mudança. Transformar essas listas em um conjunto de hábitos, e consequente comportamento, é o que realmente fará a diferença e trará o resultado tão esperado. E aí entra a necessidade de um recurso que lhe ajude ou conduza nesse processo.

Recurso esse, que lhe permita identificar o seu pulo do gato. Que elimine o velho modelo, substituindo-o pelo novo e mais coerente com as suas novas necessidades e desejos. Existem vários modelos hoje, mas certamente os vivenciais, que incluem interação pessoal, experienciação e ressignificação, por exemplo, são os que dão melhores resultados. Estou falando de treinamentos, coaching, mentoring, terapias, etc. Processos oferecidos e aplicados por profissionais habilitados utilizando metodologias que atuam sobre os aspectos cognitivo comportamentais do indivíduo. Cada qual para sua demanda específica, e cabe a você identificar a sua.

Tudo bem que essas listas ainda lhe chamem a atenção. Ótimo! Não as ignore, pois elas são um sinal claro de que você quer mudar, mesmo que ainda não tenha se apercebido completamente disto. Leia-as e decida-se a coloca-las em prática, e se encontrar alguma dificuldade, não desanime e não desista, pois agora já sabe qual o próximo passo, o próximo item da lista, a ser dado.

decor

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.